segunda-feira, 11 de novembro de 2013

É dia de S. Martinho!

Hoje é dia de S. Martinho, bispo de Tours, padroeiro da nossa freguesia desde antes da fundação da Nacionalidade, no longínquo séc. XII.



E desde tempos igualmente recuados que se associam ao dia de S. Martinho as castanhas e o vinho, simbolizando o culto da terra e da abundância; pelo menos é o que diz o povo:


A cada bacorinho vem o seu S. Martinho.

A cada porco vem o seu S. Martinho.
Água-pé, castanhas e vinho faz-se uma boa festa pelo S. Martinho.
Dia de S. Martinho fura o teu pipinho.
Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.
Do dia de S. Martinho ao Natal, o médico e o boticário enchem o teu bornal.
Em dia de S. Martinho atesta e abatoca o teu vinho.
Mais vale um castanheiro do que um saco com dinheiro.
Martinho bebe o vinho, deixa a água para o moinho.
No dia de S. Martinho vai à adega e prova o teu vinho.
No dia de S. Martinho, come-se castanhas e bebe-se vinho.
No dia de S. Martinho, mata o porquinho, abre o pipinho, põe-te mal com o teu vizinho.
No dia de S. Martinho, mata o teu porco e bebe o teu vinho.
No dia de S. Martinho, mata o teu porco, chega-te ao lume, assa castanhas e prova o teu vinho.
No dia de S. Martinho, vai à adega e prova o teu vinho.
O Sete-Estrelo pelo S. Martinho, vai de bordo a bordinho; à meia-noite está a pino.
Pelo S. Martinho abatoca o pipinho.
Pelo S. Martinho castanhas assadas, pão e vinho.
Pelo S. Martinho mata o teu porco e bebe o teu vinho.
Pelo S. Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.
Pelo S. Martinho nem nado nem no cabacinho.
Pelo S. Martinho prova o teu vinho; ao cabo de um ano já não te faz dano.
Pelo S. Martinho semeia favas e vinho.
Pelo S. Martinho, nem nado nem cabacinho.
Se o Inverno não erra o caminho, tê-lo-ei pelo S. Martinho.
Se queres pasmar o teu vizinho, lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.
Veräo de S. Martinho säo três dias e mais um bocadinho.
Vindima em Outubro que o S. Martinho to dirá.

Sem comentários:

Publicar um comentário